BLOG
Aqui você encontra os principais temas do mundo da Comunicação Interna

Mantenha-se informado com nossas notícias.

Uma mão lava a outra, dentro de casa e dentro da empresa

Para nós, da P3K Comunicação, a parceria já é um valor que está intrínseco no dia a dia de trabalho, afinal, acreditamos que é essencial que todos estejam unidos, conectados e em busca de um objetivo comum. Isso rola naturalmente entre as equipes, e percebemos que, no cenário atual, está sendo mais importante do que nunca.

Além dessa parceria, outros pontos são essenciais para que a sua empresa passe por este momento de adaptação da maneira mais eficiente e saudável possível. Confira o nosso guia “Uma mão lava a outra”:

1 – Transparência acima de tudo

Nada melhor do que colocar as cartas na mesa e esclarecer tudo que está acontecendo com a companhia. Explique como o cenário impacta nos resultados e qual plano de ação está sendo montado para este momento.

2 – Pause na conversa face a face, play na comunicação online ágil

Os aplicativos de conversa estão aí para isso. Pesquise, teste e escolha um programa para ser o seu meio de comunicação oficial. Agilidade e eficiência são fundamentais agora!

3 – Cada um no seu quadrado, mas sempre conectados

Promova uma chamada de vídeo com a sua equipe pelo menos uma vez por semana, como se fosse um bate-papo de alinhamento e dúvidas. Isso é importante para que eles se sintam unidos neste desafio. Aproveite e faça um panorama geral da empresa.

4 – Novo ritmo de trabalho sim, preguiça não

Pode ser que você perceba alguma mudança na produtividade e na capacidade de entrega do seu time, é normal! Não tente acelerar esse processo e busque entender o que eles precisam para aprimorar o novo modelo de trabalho.

5 – Mente sã, job são

Colabore com a saúde mental de todos! Os jobs precisam de atenção e carinho, mas o nosso corpo e a nossa mente também. Proponha exercícios de alongamento, meditação ou até uma pausa entre as atividades intensas. Isso vai ajudar na produtividade.

É muito importante, neste momento, trabalhar em equipe, assim todos se apoiam e vencem juntos o desafio do isolamento social. No nosso Instagram (@p3kcomunicação), compartilhamos como está sendo o ritmo da nossa P3Karentena e qual play e pause achamos interessante para o cenário atual. Confira e se inspire!

 

Atendimento: mais que a ponte entre agência e cliente, a estratégia do negócio

Sabemos que cativar e atender bem ao cliente é um pré-requisito para qualquer empresa, mas aqui na P3K Comunicação reconhecemos que o atendimento precisa ter um cuidado ainda mais especial.

No geral, o profissional de atendimento é quem faz a ponte entre as necessidades do cliente e a equipe interna que realizará o serviço. No entanto, mais do que atuar nesse meio de campo, o atendimento é quem deve fazer o alinhamento perfeito entre metas e objetivos — do cliente e da agência —, entendendo a realidade e o contexto dos negócios de ambos. Afinal, é impossível propor as melhores soluções e trazer resultados sem conhecer a fundo a estratégia de negócio, não é mesmo?

Na P3K Comunicação valorizamos a captação e fornecemos ferramentas para que, somado ao perfil profissional, o atendimento seja estratégico e favorável a quem oferece e a quem recebe os serviços. Por isso, fomentamos um ambiente de criatividade e análise crítica, e disponibilizamos ferramentas a fim de que a organização do cronograma e os feedbacks sejam mais intuitivos.

Tudo isso, buscando atender com excelência e construir um relacionamento duradouro (e construtivo, claro!) com os nossos clientes.

Ficou curioso? Conheça a nossa equipe aqui e entre em contato para saber mais sobre a nossa ferramenta.

saúde mental

Home Office: como aliar produtividade e saúde mental?

Horário flexível, economia de tempo, corte de gastos, liberdade e conforto são alguns dos muitos benefícios que a modalidade do trabalho em casa proporciona. Mas, para atuar de maneira produtiva e sem deixar a saúde mental de lado, é preciso ter disciplina.

O home office é o queridinho de muitos e virou tendência nos últimos tempos e, com o cenário atual que estamos vivenciando, é provável que ele só aumente!

Se esse mundo é novo para você ou se já é um costume do seu dia a dia no trabalho e quer aprimorar para saber como melhor aproveitá-lo, separamos algumas dicas que vão te ajudar a dar um pause no escritório e um play no home office com sucesso.

  • Respeite o seu novo ritmo de trabalho

É normal que você necessite de um período para se adaptar à sua nova rotina, afinal, nosso corpo sente essas mudanças. Está tudo bem, não tente acelerar esse processo!

  • Entenda que a sua produtividade pode mudar

Essa dica não é para você se acomodar à mudança, e sim para entender o novo momento e procurar maneiras de aprimorar o método de trabalho em casa.

  • Tenha foco e atenção, mas faça pausas ao longo do dia

Enquanto estiver trabalhando, se esforce para dar o seu melhor. Mas, tenha em mente que, para o seu cérebro funcionar, você precisa ter horário de almoço, andar pela casa, tomar um sol na janela e respirar.

  • Monte o seu próprio escritório

Arrume um cantinho para ser a sua mesa de trabalho: procure um lugar com luz e arejado, longe de dispositivos que possam tirar a sua atenção, organizado e, principalmente, onde você se sinta confortável.

  • Fique de olho no expediente

Estar em casa pode te fazer perder a noção do tempo, então, tente não desrespeitar a sua jornada de trabalho. Claro, pode ser que alguns jobs necessitem de você fora do horário normal, mas analise o que é urgente e o que pode ficar para o próximo dia.

As nossas entregas precisam de carinho e atenção, mas o nosso corpo e a nossa mente também. Além dessas dicas de produtividade, separamos algumas outras que vão deixar a sua rotina mais leve e agradável dentro de casa. Se você está de férias ou com o trabalho paralisado, confira como dar um play no relax com saúde e bem-estar!

Acesse o nosso Instagram @p3kcomunicacao e aproveite esse momento para cuidar de você. Te vemos por lá!

Garanta a eficácia do home office da sua empresa se aliando à Comunicação

Ainda hoje, muitas empresas têm dúvidas sobre a possibilidade de adesão ao Home Office e outros benefícios de flexibilidade para os colaboradores. Entretanto, pesquisas apontam que a prática pode ser benéfica às instituições e às pessoas.

Uma análise desenvolvida pela Talenses Group – holding de recrutamento e seleção – detectou que 55% do público entrevistado acredita que Home Office é um fator importante na escolha de um novo emprego. A pesquisa mostra que 98% dos participantes acreditam em benefícios de trabalhar em casa como escapar do trânsito e reduzir o stress do transporte público.

Para começar, o primeiro passo é compartilhar e linkar o trabalho desenvolvido pelos profissionais de Recursos Humanos com a comunicação de sua empresa e, assim, desenvolver orientações necessárias para todo prestador de serviço.

Esse trabalho pode facilitar ao estabelecer acordos e metas focados em trazer maior confiança para os funcionários gerando motivação e melhora no clima organizacional. Mas lembre-se, as regras precisam ficar claras para que todos saibam como participar, pois disciplina é fundamental nessa mudança.

Separamos um exemplo de sucesso para você se espelhar. A Techint criou um Programa de Flexibilidades que hoje é sucesso interno. Clique aqui para conhecer essa iniciativa. https://p3k.com.br/cases/techint-programa-de-flexibilidade

Entre em contato com a gente e descubra como podemos contribuir para o programa de flexibilidade da sua empresa!

Você já ouviu falar em storydoing? Entenda como a estratégia favorece a comunicação corporativa

Nos últimos anos, o storytelling mudou a comunicação corporativa, sendo um novo jeito das empresas se comunicarem com seus funcionários. Contar histórias se tornou uma boa tática para engajar. Mas o que vem depois disso?

É aí que entra o storydoing, como um passo adiante no conceito de storytelling. Contar histórias não basta, é preciso vivenciá-las. A estratégia aumenta, ainda mais, a participação da marca no processo de comunicação com o consumidor e colaboradores, incluindo o elemento da ação.

Para aplicar o storydoing, é preciso entender o que a sua empresa tem a oferecer e como pode se destacar pelas ações, contando uma história e a aproveitando para que seja transformada em uma ação, que apresente o seu diferencial.

Com a ferramenta, a equipe de comunicação coloca a mão na massa para contar uma história, engajar e fazer as pessoas sentirem de verdade os valores que a companhia defende. E assim, possivelmente, trazer mais credibilidade para a sua reputação.

Mais dois novos clientes na P3K Comunicação

O escritório de advocacia Machado Meyer e a Alpargatas acabam de fechar contrato com a agência

Chegamos a dezembro, mas o ano de 2019 ainda não terminou para a P3K Comunicação, agência especializada em Comunicação Interna Estratégica e Endomarketing. Duas novas empresas acabam de entrar para o time de clientes da organização.

Um deles é o escritório de advocacia Machado Meyer, fundado na década de 1970, a instituição possui um total de 700 colaboradores entre as quatro unidades do Brasil (localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Belo Horizonte) e uma em Nova Iorque. Nesse cenário, a P3K irá realizar, nesse primeiro momento, um processo de diagnóstico da Comunicação Interna que terá a finalidade de ser à base do planejamento de régua de CI de 2020.

Já em relação ao cliente Alpargatas, a P3K será uma das duas agências responsáveis pelo atendimento pool da organização, focadas em Comunicação Interna e Endomarketing. A empresa brasileira de calçados e artigos esportivos de diversas marcas possui mais de 18.000 funcionários entre os escritórios, fábricas e Centros de Distribuição no Brasil, Estados Unidos e Europa.

 

Apresentações corporativas: aliadas de uma boa comunicação

A maioria dos grandes executivos reconhece a importância de se comunicar e de saber aproveitar ao máximo as ferramentas disponíveis para que as mensagens sejam bem interpretadas pelos seus receptores. Isso pode determinar a aprovação de um projeto, o ganho no orçamento e até o fechamento de um grande negócio.

Nesse contexto, as apresentações são o tipo de ferramenta mais popular. Por ser comum a vários segmentos, muitos pensam ser de fácil utilização, porém, criar apresentações memoráveis e de impacto exige profissionalismo e conhecimento técnico das plataformas.

A P3K Comunicação conta com profissionais especializados em apresentações em diferentes plataformas, para abordagem de temas diversos, incluindo: institucional, relação com investidores, indicadores, projetos e apresentação de áreas.

Aqui, acreditamos que uma boa apresentação pode ser criada para qualquer tema, mas há três etapas essenciais para sua produção: narrativa (storytelling), identidade visual e construção de animações e transições. Tudo isso pode dar origem a uma apresentação cativante, tornando-a um diferencial para quem apresenta e para quem assiste.

Por mês, produzimos pelo menos 20 apresentações para os nossos clientes.  Portanto, se você está em busca dessa solução, entre em contato com a gente.

Criatividade: mais que um valor, uma habilidade que buscamos desenvolver

Em um mundo em que parece que já foi feito e criado de tudo, empresas e profissionais têm buscado novas ferramentas para se destacar — criatividade e inovação são algumas delas.

Ao contrário do que muitos pensam, a criatividade não é um dom, e sim uma habilidade que pode ser desenvolvida. Todos nascemos com esse potencial e podemos encarar a criatividade como a capacidade humana de promover alterações no mundo, dando forma a ideias, solucionando problemas e apresentando alternativas para várias situações da vida.

Aqui na P3K Comunicação, tentamos promover um ambiente que fomenta a criatividade, onde seja possível utilizar todo repertório que se tem da vida (social, profissional, cultural) para gerar uma ideia inovadora em prol de alguma demanda.

Para isso, buscamos aplicar algumas técnicas mesmo na correria do dia a dia que, às vezes, inviabiliza a aplicação de um processo completo. Vamos conhecer um pouquinho sobre elas?

  • Brainstorm

Um clássico que, no português, podemos chamar de chuva de ideias — e porque não toró de ideias?! Essa técnica de criatividade ganhou fama no ramo da publicidade e serve para dar fluxo à mente e considerar qualquer ideia, sem prejulgá-las. Só a partir de um volume de ideias obtidas, passa-se para eliminação do inadequado.

  • Design Thinking

É uma abordagem que busca a solução de problemas de forma coletiva e colaborativa em uma perspectiva de empatia máxima com seus interessados. Nela, as pessoas são colocadas no centro de desenvolvimento do produto — não somente o consumidor final, mas todos os envolvidos na ideia (trabalhos em equipes multidisciplinares são comuns nesse conceito).

  • Mapa mental

É um diagrama que permite que você organize ideias de forma simples e lógica, representando-as visualmente, para facilitar o processo de memorização. Ele começa com um tema central, o qual evolui por meio de linhas ou “ramos” relacionando com subtópicos do tema.

  • Método dos 6 chapéus

A técnica dos seis chapéus, criada por Edward Bono, ajuda não só na solução de problemas ou na criação de novas ideias, mas organiza a dinâmica desde a definição do problema até o acompanhamento do plano de ação.

Chapéu Branco: olhar para os fatos sem fazer juízos de valor.

Chapéu Vermelho: expressar sentimentos fortes e intuitivos.

Chapéu Preto: examinar os obstáculos e as razões pelas quais a ideia anterior não tenha funcionado.

Chapéu Amarelo: ver os benefícios de um projeto ou de uma ideia.

Chapéu Verde: pensar novas alternativas de ideias, fazer provocações e sugerir mudanças.

Chapéu Azul: identificar o chapéu que você vai precisar usar em cada momento.

Essas são algumas técnicas que ajudam a P3K Comunicação a criar e inovar nos jobs. Além delas, outras coisas como ouvir música, meditar, mudar de ambiente ou, até mesmo, dormir bem podem influenciar nas ideias criativas. Dá para acreditar?

Se você gosta do tema, acompanhe nosso blog e conheça nossos cases.

 

P3K Comunicação anuncia DPSP e Mosaic Fertilizantes como novos clientes

A P3K, agência especialista em Comunicação Estratégica Interna e Endomarketing, conquistou duas novas contas nesse último mês.

Um dos novos clientes é o Grupo DPSP que surgiu em 2011, por meio da fusão das redes Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo, se tornando uma das principais empresas do varejo farmacêutico com mais de 1350 lojas em 8 estados do Brasil, além do Distrito Federal. O Grupo DPSP emprega mais de 26 mil colaboradores e atende milhões de clientes por mês, sendo referência de confiança e credibilidade no mercado de saúde. Nesse âmbito a P3K vem para somar e contribuir com estratégias de comunicação interna e endomarketing que visam o fortalecimento e consolidação da cultura e valores da companhia.

Já no ramo de produção, importação, comercialização e distribuição de fertilizantes para aplicação em diversas culturas agrícolas, além do desenvolvimento de produtos para nutrição animal e comercialização de produtos industriais, o outro novo cliente da P3K Comunicação é a Mosaic Fertilizantes. A empresa conta com mais de 6 mil funcionários próprios e atende mais de 5.500 clientes, sendo um de seus principais diferenciais a busca do crescimento construído em parceria com toda a sociedade, por meio de relacionamentos abertos com as comunidades.

O atendimento a clientes de segmentos tão distintos é um estimulo ainda maior para a P3K planejar e executar ações estratégicas para atender as demandas e objetivos de cada cliente, como ressalta a Gerente de Atendimento e Estratégia, Laryssa Almeida, ‘A P3K encara esse desafio como parte do propósito e consegue enxergar isso dentro dos valores. Acreditamos que isso é parte do que nos move! Clientes de segmentos distintos oxigenam o nosso dia a dia na agência, porque mesmo se estivermos trabalhando com temas semelhantes sabemos que sairão propostas diferentes. E é assim que vemos a parceria, com cada cliente se molda de uma forma, com a criatividade e a estratégia que os projetos exigem’.

Diversidade de gênero e maternidade: como uma agência faz parte dessa discussão?

Há alguns anos, a sociedade se movimenta para promover um ambiente mais diverso e que seja mais inclusivo para as mulheres no mercado de trabalho. E conforme avançamos em temas como equidade de gênero e equiparação de salários, novos temas se tornam evidentes, como é o caso da relação entre maternidade e trabalho.

Hoje, o quadro da P3K tem um equilíbrio no âmbito das contratações, inclusive quando o assunto é liderança feminina (maioria por aqui), tudo ocorrendo organicamente. Dentro desse contexto, e se adequando a realidade de uma empresa de pequeno porte, notamos que a contratação de mães, também é algo natural para nós.

Porém, uma pesquisa realizada pela Catho em 2018 revela que em pesquisa recente mulheres com filhos demoram cerca de três anos para conseguir recolocação no mercado de trabalho, enquanto essa ocorrência acontece somente em 2% no caso do sexo masculino.

Outros dados relevantes são:Mas como fazer para ser mais inclusivo neste quesito?

Tudo começa com o RH na hora da entrevista. E para contribuir, as mães da nossa nave trazem algumas dicas para as empresas e profissionais responsáveis pela contratação:

– Foco no currículo – habilidades e trajetória profissional é o que deve contar. É super legal perguntar sobre a família, o que gosta de fazer nas horas vagas e outras questões pessoais durante uma entrevista, principalmente porque é importante ter em mente que são pessoas que vão trabalhar na empresa, e não um currículo profissional apenas, mas atenção maior às habilidades e experiências além da maternidade.

– Não deixar a entrevista se desdobrar na questão da maternidade. A maternidade é um ponto importante na vida da mulher, claro, mas uma pessoa é composta por muitos outros interesses. Pra conhecer uma pessoa, é importante ouvir a pluralidade.

Além disso, após a contratação é importante que a liderança esteja preparada para ser empática com as questões de maternidade. Já que imprevistos podem acontecer com todos os profissionais.

A P3K reconhece que a mudança que ajuda a promover dentro dos seus clientes tem impacto social, e também quer fazer a diferença dentro da própria agência.  Por isso, sabe da necessidade de abordar o tema, posicionando-se como uma agência que reconhece dentro da diversidade de gênero a maternidade, e que está fazendo o possível para contribuir na promoção de um ambiente diverso e inclusivo.

Quer se aprofundar mais no tema, conheça essa iniciativa: http://www.contrateumamae.com.br/

 

Brindes: muito além do mimo, uma estratégia de marca

É bem provável que você já tenha recebido um brinde de uma empresa e pensado “que sacada genial! ”. Isso acontece quando a marca entende que o brinde é uma ferramenta estratégica, oferecendo, a quem se destina, uma utilidade e, consequentemente, visibilidade para a companhia.

É assim no marketing promocional e também no endomarketing: o brinde vai muito além de um mimo, pois tem o poder de carregar informações que reforçam a marca, os valores e propósitos das organizações. É uma forma simpática de passar as mensagens que deseja e, de forma mais efetiva, o colaborador se sente importante, gerando engajamento e o que chamamos de ‘senso de pertencimento’.

Apesar da relevância que os brindes têm, é importante reforçar que eles funcionam como peças de apoio, portanto, é essencial relacionar com as demais comunicações da campanha.

Esse é um dos desafios, porque, para isso, a equipe de produção precisa trabalhar a criatividade e estar sempre conectada com referências que levarão o brinde de cada ação a um novo nível de inovação. Nesse caso, a internet é uma grande aliada para ficar de olho nas tendências e variedade de brindes promocionais existentes no mercado. Outra dica legal é se cadastrar nos sites dos fornecedores para receber e-mails marketing com as novidades. Além, claro, da visita em eventos e feiras para estreitar os laços com os fornecedores.

Tudo isso faz parte para enfrentar outro desafio do endomarketing: o orçamento. Seja a estimativa de valores baixa, média ou alta, o objetivo é encontrar a solução perfeita para que um brinde transmita atenção e carinho, construindo um elo entre a empresa e o colaborador.

Quer valorizar e encantar seu colaborador superando as suas expectativas? Entre em contato com a gente para o planejamento de uma ação de endomarketing completa!

O futuro da comunicação: é só dar o play

Você se lembra de quantos vídeos você assistiu hoje, na última semana ou no último mês? Uma conta complexa, já que os vídeos estão na TV, nas notícias, Youtube, WhatsApp, Instagram (Stories e Feed), LinkedIn e por aí vai.

De acordo com relatório divulgado pela Cisco, até 2020, 82% do trafego da internet ficará por conta dos vídeos online, e o Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de visualizações em plataformas de vídeos, com mais de 11 bilhões de views mensais.

Esses números mostram o poder do vídeo dentro da comunicação, já que eles são capazes de transmitir uma quantidade enorme de informações de forma precisa e dinâmica, simplesmente por ter movimento. Portanto, se uma imagem vale mais que mil palavras, um vídeo pode sim transmitir milhões de palavras – e também sensações.

Essa facilidade que o vídeo traz na hora de transmitir a mensagem é compensada com um processo mais complexo para os comunicadores, já que para produzir um vídeo é preciso se adaptar a um modelo de trabalho que envolve: roteiro, storyboard, captação e edição.

Se você está pensando que os vídeos são o futuro apenas para marketing e jornalismo, não se engane! Na Comunicação Interna não é diferente, o vídeo faz toda a diferença na hora de impactar os colaboradores, transformando a mensagem. Hoje, a maioria das empresas já superou as barreiras do suporte de arquivos em vídeo na intranet, e as redes sociais corporativas já abraçam o vídeo como forma de ajudar nessa comunicação, além de, muitas vezes, se tornar o principal veículo.

Atualmente, vivemos a tendência de trazer a interatividade aos vídeos através da realidade aumentada. Acreditamos que em um futuro próximo vamos conseguir trazer experiências multissensoriais agregadas, que transformarão uma simples mensagem em um “pequeno mundo novo”. E, como agência, estamos prontos para te ajudar a atrair olhares, nesse mundo vivo em constante movimento. Que tal dar o play para o futuro com a gente?