É tempo de planejar – siga as dicas e descubra o budget justo para Comunicação Interna

Em setembro teve início o planejamento orçamentário das empresas. É tempo de levantar o budget necessário para cumprir o que se espera também da Comunicação Interna para o ano de 2016.

É comum ouvir dos profissionais de CI que o planejamento do orçamento da Comunicação Interna fica por último, sujeito a todos os cortes possíveis, mas essa não é a realidade ideal. Assim como Recursos Humanos e Vendas, em tempos de crise a Comunicação Interna é estratégica para as organizações.

Com apoio da Comunicação Interna os funcionários podem compreender o cenário difícil que o país enfrenta e encarar a crise com otimismo para manter a economia funcionando em 2016, que tem previsão de ser ainda mais difícil do que 2015 para as empresas.

Antes de fazer o planejamento, faça a mensuração do ano anterior – verifique quanto foi gasto em cada tipo de campanha, se elas foram efetivas e alcançaram o objetivo, e quais seriam importantes e deixaram de ser realizadas. Esse levantamento é imprescindível, inclusive, para justificar o investimento para o próximo ano.

É importante lembrar que 2016 é ano de Olimpíadas no Brasil. O que a empresa pretende fazer durante os jogos? Eventos? Ambientação? Sorteios? Campanhas temáticas? Sendo um evento que não aparece no calendário anual, é preciso ter atenção redobrada.

Outra dica que pode ajudar muito é conversar com outras áreas a respeito de eventos em parceria, por exemplo. Talvez o budget da Comunicação Interna não seja suficiente para atender a demanda de todas as áreas, mas se o planejamento de cada área prevê ações específicas o custo é diluído e todos saem ganhando.

Em muitos casos, a contratação de uma agência de Comunicação Interna com custo mensal fixo (fee mensal) é uma opção válida para gerar economia, uma vez que neste formato é possível para a agência sempre oferecer melhores condições comerciais em relação aos atendimentos pontuais. Tendo um valor combinado previamente para todo o ano, a organização assegura um investimento justo e o cumprimento de todas as ações planejadas.