23mar
dicas pra resolver conflitos nas empresas

Confira 9 dicas para solucionar conflitos internos da sua empresa

Não há como negar que os conflitos de egos estão presentes nas organizações. É preciso encontrar estratégias efetivas para lidar com eles. Nesse processo, é possível extrair um bom aprendizado para o time e ainda desenvolver soluções em conjunto, de forma bastante construtiva.

Mas para isso, é importante seguir alguns passos que facilitarão a forma de lidar com esses problemas e tornar as ações mais efetivas. Quer umas dicas de como solucionar conflitos internos na empresa? Confira o nosso post!

1. Adote uma visão positiva dos conflitos

Conflitos são acontecimentos naturais onde há pessoas diferentes. Para que você tenha mais facilidade na resolução das divergências, é importante ter também uma visão positiva dessas questões. Afinal, elas mostram que os profissionais estão envolvidos e se esforçando para cumprir com o que é demandado.

Além disso, uma visão negativa de um desentendimento tende a só piorar a situação. As pessoas ficam desmotivadas e investem menos energia na proposição de soluções. Para evitar esses problemas, invista em uma perspectiva mais otimista dos conflitos na empresa.

2. Mantenha uma comunicação aberta

Ter uma comunicação aberta com a equipe permite a você evitar conflitos e otimizar os processos em geral. Com uma boa troca de informações, as questões ficam mais claras para os colaboradores, o que evita o surgimento de boa parte das divergências.

Além de reduzir o índice de confrontos, a abertura permite que as desavenças que surgem sejam solucionadas com mais facilidade. Isso decorre do fato de que é mais simples esclarecer a situação e encontrar uma solução quando já está instaurada uma política de diálogo na organização.

3. Crie atividades que promovam a integração da equipe

É importante realizar atividades que estimulem um melhor relacionamento entre os colaboradores. Fazer celebrações de aniversários, happy hours e encontros livres e descontraídos pode ser uma boa oportunidade para incentivar o fortalecimento de laços entre os colegas de trabalho.

Além disso, essas ocasiões também podem facilitar a resolução de problemas. Quando é possível criar meios para reduzir a tensão do trabalho, os profissionais têm mais facilidade de resolver as questões ao retomarem suas tarefas.

4. Aja no tempo certo

É importante ter discernimento para saber agir na hora certa quando acontecer algum confronto na empresa. Isso significa que não é bom postergar o problema até que ele se torne uma bola de neve. É importante tentar resolver a situação com precisão e no momento adequado.

Ao mesmo tempo, é necessário ter em mente que às vezes os envolvidos na divergência estão muito exaltados. Assim, dar uma pausa para os profissionais se acalmarem pode melhorar as condições de resolução do conflito. Dessa forma, após um pequeno intervalo de tempo, as questões podem ser retomadas em uma abordagem menos pessoal e mais direcionada para a solução da desavença.

5. Investigue melhor as causas

Investigar melhor as causas do desentendimento é uma medida necessária, pois quando os conflitos eclodem, muitas vezes as motivações apresentadas não representam o verdadeiro X da questão. As pessoas podem estar tão exaltadas e envolvidas na desavença que acabam apresentando uma visão distorcida do problema.

Assim, o gestor deve dialogar com os profissionais envolvidos, buscando esclarecer quais são as verdadeiras causas do desacordo. Assim, é possível construir uma solução mais efetiva.

6. Incentive os feedbacks diretos

Os feedbacks são um retorno sobre o trabalho realizado, que possuem a intenção de ajudar o profissional a se desenvolver de acordo com as normas da empresa. Os positivos buscam estimular o colaborador a continuar com determinado comportamento ou padrão produtivo. Já os negativos buscam fazer correções. Esses retornos são comunicados de uma forma clara, concisa e respeitosa, para que sejam uma experiência positiva para o profissional.

Com feedbacks diretos na equipe, as pessoas têm mais clareza de quais posturas adotadas são mais adequadas e quais são as atitudes que podem não contribuir tanto com o trabalho. Em situações de conflito, os feedbacks podem favorecer a comunicação e tornar a negociação de soluções mais ágil, pois erros e acertos serão identificados com mais facilidade.

7. Respeite as decisões em conjunto

A tomada de decisões em conjunto é um processo favorável para a organização, pois estimula o estabelecimento a ter um clima democrático e fortalece o senso de importância dos profissionais. Diante de conflitos, estimular que a equipe discuta as questões e tome decisões coletivamente pode ser uma ótima forma de estruturar acordos.

São mais pessoas refletindo sobre uma mesma problemática e mais pontos de vista em diálogo. Ou seja, é possível ter uma perspectiva mais ampla para a resolução das divergências.

8. Olhe para o problema de um ponto de vista profissional

Muitas vezes, as divergências ocorrem porque os envolvidos estão se sobrecarregando e misturando questões emocionais e afetivas com o trabalho. Problemas como rivalidades e necessidade de reconhecimento podem ser decisivos para a eclosão de um conflito.

Para uma resolução adequada em relação a desavenças, é importante que as dificuldades sejam focalizadas de um ponto de vista profissional. Assim, é possível avaliar as dificuldades com racionalidade e direcionar as medidas tomadas para as metas de trabalho.

9. Seja um facilitador da resolução do conflito

Quando há um conflito interno na empresa, o gestor deve desempenhar o papel de facilitador. Não é ele que resolve o problema, são os envolvidos que constroem uma solução.

Isso significa que as intervenções do gestor devem ser baseadas no estímulo à autonomia dos profissionais, mas de forma a facilitar a resolução da desavença. O líder funciona como um mediador. Ele auxilia as partes envolvidas a esclarecerem a questão, relembrarem o foco do projeto e a construírem soluções em conjunto.

Conflitos internos na organização são processos naturais, mas que podem trazer dificuldades para a execução das tarefas e projetos. Por isso, é importante ter as estratégias certas para lidar com essas situações. Neste post, você pôde conhecer uma série de alternativas para aplicar no seu empreendimento.

Dessa forma, um trabalho adequado para lidar com as desavenças pode facilitar o processo de pensamento, auxiliando o grupo a desenvolver soluções construtivas coletivamente.

E aí? Gostou de nossas dicas de como solucionar conflitos internos na empresa? Então confira também nosso post exclusivo sobre práticas de comunicação corporativa para continuar por dentro!