Especialização em CI traz melhores resultados nas empresas

A especialização e o atendimento de nichos cada vez mais especializados é uma tendência no mundo dos negócios. Quanto mais o profissional se especializa, mais competente será e maiores as chances de sucesso em seu planejamento e ações.

Conceitos como cultura organizacional, diversidade de público interno, especificidades de ramo de atuação, governança corporativa e compliance, não são de domínio público, ou seja, são conceitos bem específicos, usados em ambientes corporativos e que ajudam a entender todo o universo de uma empresa.

Pensando nesse cenário, muitas empresas de médio e grande porte contam com uma agência de comunicação para apoiar a Comunicação Interna na produção de suas campanhas e peças do dia a dia, a fim de engajar e despertar o senso de pertencimento nos empregados. Mas poucas delas conhecem as vantagens de ter uma agência especializada em Comunicação Interna cuidando do visual de seus comunicados e do planejamento de ações.

O profissional responsável pelo planejamento em uma agência generalista não está habituado a trabalhar com compliance ou governança corporativa, por exemplo, ou ainda preocupado em evitar assédio moral ou estimular pessoas por meio de peças comunicativas. As agências de publicidade e de comunicação que atuam com publicidade, no geral, não trabalham com esses conceitos internalizados em suas operações.

Uma agência de propaganda tem expertise em vender produtos e despertar desejos. Uma agência de comunicação especializada em comunicação com empregados tem expertise em posicionar ideais com transparência, valorizar o papel da pessoa na organização e da organização na vida da pessoa. A Comunicação Interna leva em conta o empregado, a publicidade leva em conta um produto.

Uma agência que conta com profissionais especializados em Comunicação Interna, sejam jornalistas, designers ou publicitários, tem um olhar diferente sobre a comunicação da empresa. A especialização em Comunicação Interna traz o olhar sobre as pessoas e os processos dos quais participam diariamente dentro da empresa, levando em consideração o controle sobre informações confidenciais, por exemplo.

Escolher uma agência para atendimento de demandas internas deve ir além do preço. Deve levar em consideração a expertise dos profissionais para que a agência seja uma extensão da área de Comunicação Interna da empresa contratante e parceira na obtenção de resultados mensuráveis.

Artigo publicado em agosto, no portal da Aberje.