22mar
pesquisa de clima organizacional

Pesquisa de clima organizacional: qual a importância e como fazer?

Manter a produtividade e o engajamento em alta é um desafio para todo RH que busca se alinhar às novas tendências do mercado. Algumas estratégias podem ser aplicadas para que se obtenha um maior envolvimento das equipes com a empresa, e a pesquisa de clima organizacional é a ferramenta que possibilita definir em quais delas investir para alcançar este objetivo.

As impressões que os funcionários têm do local de trabalho são extremamente relevantes para o desempenho de suas funções. Afinal, se uma pessoa não estiver satisfeita com suas condições, é pouco provável que se dedique à realização de um bom resultado. Se você reconhece a importância em ter um bom ambiente de trabalho, continue lendo este post e saiba mais sobre a pesquisa de clima organizacional!

O que é clima organizacional?

Cada empresa é singular em seu ambiente e na forma de lidar com os funcionários. O clima organizacional é a maneira como esses profissionais percebem tais fatores. Ele é subjetivo, mas pode ser avaliado de uma perspectiva coletiva. Assim sendo, a cultura organizacional é uma grande influenciadora do âmbito empresarial.

O clima pode ser baseado no modo como os gestores lidam com as situações corriqueiras e também com as dificuldades enfrentadas pelas equipes. Porém, vários outros elementos podem — e devem — ser considerados no momento de analisa-lo, entre eles estão:

  • as condições de trabalho;
  • integração entre os funcionários e os diversos departamentos;
  • salário e o plano de benefícios;
  • Comunicação Interna;
  • plano de carreira;
  • oportunidades de desenvolvimento profissional;
  • estabilidade;
  • relação da empresa com os funcionários;
  • processos gerenciais, etc.

Tais fatores atuam direta ou indiretamente na visão que as pessoas têm da corporação. Essa percepção, por sua vez, influencia em sua motivação e desempenho no dia a dia de trabalho.

A satisfação de ser parte do quadro de funcionários de uma empresa está relacionada ao fato de ter ou não suas necessidades atendidas. Abraham Maslow (1908 – 1970), um importante psicólogo norte-americano, propôs uma hierarquia para tais carências humanas:

  1. fisiológicas básicas;
  2. segurança;
  3. sociais;
  4. autoestima;
  5. autorrealização.

Essa ordem pode ser alterada dependendo da situação em que o sujeito se encontra. No entanto, caso a corporação atenda a maior parte dessas necessidades, a avaliação do clima organizacional será mais positiva.

Quais os benefícios de fazer uma pesquisa de clima organizacional?

Para que uma empresa cresça, é preciso que suas práticas gerenciais sejam renovadas e modificadas com frequência. As pessoas não são estáticas, elas aprimoram os seus conhecimentos, reinventam suas formas de agir e mudam suas maneiras de pensar a todo instante. Uma organização deve acompanhar essa evolução. Afinal, um CNPJ não é uma empresa e, sim, os funcionários que trabalham para que ela se solidifique no mercado.

A pesquisa de clima serve para aperfeiçoar o âmbito organizacional. Ela é fundamental para saber o que os funcionários pensam e como sentem-se em relação à organização. Além disso, por meio desta pesquisa, é possível estabelecer um Diagnóstico que permitirá ações mais estratégicas e que resultem em melhorias reais para a corporação.

A importância da pesquisa está em seus resultados. Quando o processo é realizado da forma correta, os benefícios podem ser facilmente mensurados. Abaixo, listamos alguns deles:

Mapeamento da satisfação do time

Para que um funcionário se sinta feliz em suas funções, salário não é mais o único fator preponderante. Hoje, a qualidade de vida e as condições de trabalho são determinantes na hora de avaliar uma empresa.

Boa parte das organizações deseja um time satisfeito, mas poucas promovem ações que atraiam esse resultado. Com a realização da pesquisa de clima organizacional, é possível mapear os níveis de satisfação e trabalhar para que eles sejam mantidos ou elevados.

Identificação dos problemas

Toda organização tem suas deficiências e seus pontos fortes. Saber reconhecê-los é primordial para colocar em prática ações mais direcionadas. No entanto, ninguém melhor do que quem vivencia o cotidiano empresarial para apontar o que necessita ser aprimorado.

A análise dos resultados da pesquisa proporciona a identificação dos problemas, prevê possíveis crises e permite intervenções com maiores chances de sucesso, por serem embasadas em dados reais.

Verificação dos planos de ação para melhorias

Não é fácil encontrar a melhor estratégia para alavancar a produtividade de um time. Contudo, por meio da pesquisa de clima, é possível traçar planos que sejam mais alinhados com os propósitos da gestão. Dessa forma, saber quais decisões tomar e a quais projetos aderir se torna menos complicado.

Aumento da motivação da equipe

A motivação é intrínseca a cada um. Entretanto, é possível fornecer subsídios para que os funcionários de uma empresa tenham motivos, além das contas a pagar, para se levantar da cama e realizarem o melhor trabalho possível na organização pela qual são contratados.

A grande maioria das pessoas gostam de ser ouvidas. Elas se sentem valorizadas quando isso acontece, pois percebem que contribuíram em benefício da corporação. Uma pesquisa que visa entender o profissional e atender a suas demandas, gera razões para que ele queira permanecer na instituição e dar o seu melhor por ela.

Melhor posicionamento da empresa no mercado

A imagem de uma organização, tanto para seu público interno quanto para o externo, interfere bastante na posição que ela ocupa na comunidade em que está inserida. Tal projeção determina, inclusive, se talentos se candidatarão às suas vagas em aberto ou não.

Funcionários que indicam a empresa em que trabalham têm grande poder de influência em futuros candidatos. Porém, o contrário também acontece. Profissionais insatisfeitos não só contaminam àqueles com quem trabalham, como denigrem a imagem da empresa para quem está de fora.

A pesquisa de clima tem como um de seus principais objetivos impedir que a segunda situação aconteça. Seu intuito é trazer melhorias para que as metas e objetivos da empresa sejam alcançados, trazendo, assim, os melhores resultados para o negócio.

Como fazer uma pesquisa de clima organizacional?

Geralmente, o RH é o setor encarregado por promover as pesquisas. Muitos profissionais são capazes de desenvolver e estruturar os questionários. No entanto, o ideal é que uma empresa especializada externa seja contratada para realizar os procedimentos. Desse modo, garante-se maior imparcialidade nos resultados, evitando que fatores internos interfiram no processo.

Nenhuma organização tem o mesmo funcionamento que outra. Por esse motivo, as perguntas e a forma de aplicação da pesquisa devem se adequar ao perfil dos funcionários e da própria empresa que será pesquisada. Profissionais especializados podem determinar quais as estratégias mais qualificadas para que se obtenham os melhores resultados com a ação.

É importante ressaltar que todas as etapas devem ser cumpridas: a elaboração dos formulários, comunicação e aplicação, e enfim a apuração dos dados, produção dos relatórios e edificação do plano de ação. Outra questão fundamental é a garantia do anonimato dos participantes, para que eles se sintam livres para responder às questões de forma sincera, sem medo de represálias.

Para que a pesquisa de clima organizacional tenha os efeitos esperados, é preciso colocar em prática medidas que busquem solucionar os problemas encontrados, devendo ser refeita periodicamente para que se avalie as consequências das intervenções. Além disso, deve-se promover ações continuadas em favor de um maior envolvimento dos funcionários.

Se este post foi útil para você, siga-nos no FacebookLinkedIn e Twitter para receber em primeira mão nossas novidades e melhorar os processos gerenciais da sua empresa!